Viagem de moto: como se preparar para uma viagem temática de cassino

Viajar de moto é sempre uma aventura. E uma das coisas mais legais ao fazer isso é ter uma viagem temática. No artigo de hoje a gente pensou em como preparar uma viagem temática de cassino. Mas antes de começar, vale notar que no Brasil não possui cassinos físicos. Então, essa viagem vai ser um pouquinho mais longa, com destino, por exemplo, até o Uruguai. Então bora lá planejar um pouquinho essa viagem e quais pontos considerar durante essa etapa de planejamento.

Planeje a rota

A primeira etapa de qualquer viagem é planejar a rota. Como dito antes, o Brasil ainda não conta com cassinos físicos, então pra não ficar somente nas casas de apostas online, a viagem tem que ser um pouquinho mais longa. Um destino que eu pensei aqui seria o Uruguai, que tem cassinos físicos e tem muita coisa legal para a gente observar no caminho. A minha sugestão é usar o aplicativo de Maps para traçar a melhor rota. E fazer esse planejamento de postos de gasolina e paradas mais cênicas para curtir.

Outro ponto importante ao planejar uma viagem longa é sempre ter um plano B caso aconteça algum imprevisto, como obras na estrada, uma situação de tráfego intenso ou até um clima desfavorável que vai exigir que você fique parado por um tempinho.

Check-up na moto

Outro ponto importante é fazer um check-up completo na moto. Essa viagem provavelmente vai ser uma viagem bastante longa, então é sempre bom dar uma olhada e fazer uma revisão de óleo, freios, pneus e da parte elétrica da moto, porque ter esse tipo de problema ou pane no meio da viagem com certeza vai atrapalhar muito o planejamento.

Também é legal ter alguns itens de reparo bem simples, como itens para pneu, fusíveis e até uma lâmpada de farol se você souber fazer a troca, caso você vá passar vários dias por alguma parte do trajeto em áreas mais remotas. Então, uma caixa de ferramentas compacta com certeza pode acabar sendo muito útil no meio do caminho.

Equipamentos de segurança

O item mais importante de todos ao planejar qualquer viagem de moto é pensar em segurança. É claro que um capacete bom é essencial, mas além dele é bom pensar em outros equipamentos de proteção como luvas, botas ou uma jaqueta boa de proteção com airbag. Realmente não vale a pena economizar nesse ponto e pensar no planejamento do tempo durante a viagem para pensar em equipamentos de proteção como capas de chuva.

Bagagem essencial

Em termos de bagagem, como você vai ficar alguns dias pilotando, é legal pensar em levar somente os itens essenciais, principalmente se a sua moto não tiver o Forge. Se você tiver o Forge, até pode pensar em levar um pouquinho mais em termos de troca de roupa e equipamentos de higiene pessoal, mas não tem por que se sobrecarregar, já que a maior parte do trajeto vai ser em cima da moto, então ter apenas algumas trocas de roupa já é suficiente e eu sempre recomendo ter um kit de primeiros socorros junto com a sua bagagem.

Documentação em dia

Outro item importante é a documentação. Se a viagem for pelo Mercosul, a CNH do Brasil é válida e as regras de trânsito não têm muitas mudanças, mas mesmo assim vale a pena fazer uma pesquisa sobre as regras de trânsito do local para onde você está indo a fim de evitar multas e outras surpresas desagradáveis. Também é legal ter uma cópia dos documentos de forma digital caso você tenha algum perrengue durante a viagem e verificar com o banco se o cartão de crédito está liberado para compras internacionais.

Alimentação e hidratação

Viajar de moto é muito legal, mas é importante ter esse tempo para descanso. Ficar muitas horas pilotando pode ser cansativo, então é sempre importante ter um planejamento para parar pelo menos a cada 2 ou 3 horas para descansar por alguns minutos. O trajeto que você vai planejar deve ter paradas um pouco mais cênicas, para você explorar cidades pequenas ou atrações turísticas dos locais onde você vai parar e tirar algumas fotos para o registro, mas é imprescindível não deixar de fazer essas paradas.

Descanso e planejamento de paradas

Viajar de moto é muito legal, mas é importante ter esse tempo para descanso. Ficar muitas horas pilotando pode ser cansativo, então é sempre importante ter um planejamento para parar pelo menos a cada 2 ou 3 horas para descansar por alguns minutos. O trajeto que você vai planejar deve ter paradas um pouco mais cênicas, para você explorar cidades pequenas ou atrações turísticas dos locais onde você vai parar e tirar algumas fotos para o registro, mas é imprescindível não deixar de fazer essas paradas.

Dicas para o cassino

Chegando até o destino, a minha dica é aproveitar a experiência. Como a gente não está acostumado com essa rotina de cassinos, é importante curtir com algumas limitações, separar um orçamento específico para apostar no cassino, mas sem ir além da conta.

Quando chegar no cassino, dê uma pesquisada sobre os jogos antes de começar a fazer suas apostas. Vários deles tem algumas aulas rápidas ou alguns guias que explicam como os jogos funcionam para quem está conhecendo o cassino pela primeira vez. Isso pode aumentar um pouquinho suas chances de ganhar, mas é importante lembrar que a principal experiência aqui é a viagem de moto até o cassino em si, e conhecer uma experiência nova de apostas, e não sair com uma fortuna no bolso.

Explore o caminho

Além dos cassinos, Uruguai tem muito a oferecer, por isso não deixe de aproveitar as pequenas paradas ao longo da viagem. No caso específico do Uruguai, vale a pena passar por Punta del Este, Montevidéu, conhecer a gastronomia local, os churrascos e outras paradas interessantes. Mas, de forma geral, essa dica vale para qualquer roteiro que você planejar. Vale a pena explorar a jornada e ir conhecendo um pouquinho mais de outras culturas conforme a viagem vai evoluindo.

Preparado para a aventura?

E é isso, com essas dicas em mente, agora é hora de se sentar e começar a fazer o planejamento real de uma viagem, pensando no teu ponto de partida e qual o destino final que você quer chegar, seja ele o Uruguai como a gente citou aqui, ou algum outro destino de cassino um pouquinho mais longe. Vai com calma, dedique um tempo bom para o planejamento, e se tudo der certo, boa viagem!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.